.Vá, cusca lá =)
.Recently hearts

. E quem diz de que da dist...

. ...

. Lovers of my life.

.favoritos

. momentos

. An eternal dance

. Love Letter.

. natureza.

. #10

.pesquisar
 
.subscrever feeds
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011
...

 

Desde o primeiro momento em que uma alma é depositada em cada ser habitante deste planeta, que nos tornamos especiais, não só individualmente, como a nível da sociedade. Ela ser-nos-á dada com algum propósito, caso contrário os animais irracionais também seriam possuidores de tal privilégio. Supostamente, e gostava de deixar esta palavra bem assente, pois cabe a cada um de nós decidir seguir esta missão ou não, a alma é algo de bom. Transparente, brilhante, repleta de belíssimos sentimentos. Seria tudo tão fácil se à partida nos incutissem um caminho a seguir. Fá-lo-íamos sem hesitar, pois não teríamos outra opção, e seria garantido que estaríamos a fazer a coisa certa, ou pelo menos não nos poderiam culpar por fazer a escolha errada. Acontece que o mundo não foi projectado dessa maneira, por quem quer que seja que o tenho construído, e esse alguém deu-nos a hipótese, julgando-nos suficientemente inteligentes, de escolher entre dois caminhos: o da felicidade, o das coisas certas e por vezes o mais difícil, e o do infortúnio, o do errado. Julgo que, chamemos-lhe Deus, nos deu estas duas opções para que pudéssemos ter um pouco de liberdade, mas pelos vistos, ele dever-nos-ia ter dado um pouco mais de inteligência. Acabamos todos por saber, bem no fundo de nós qual é o caminho certo a tomar. Mas há sempre aquele lado mais fácil, onde as coisas parecem não ter consequências, e acabamos na miséria. O que antes era uma simples brasa, pouco inofensiva, da qual nos mantínhamos a uma distância bastante razoável, tornou-se num fogo imenso, do qual nos aproximámos de mais. Resultado: Uma grande queimadura, por vezes irreversível.

Tornámo-nos num imenso húmus. Depositados no mundo, com algum objectivo, mas acabámos por nos levar pelos maus sentimentos e pessoas, acabando como que lixo. Finalizando a nossa vida decompostos nos solos, dando assim, alguma utilidade à nossa existência.

Claro que, há sempre alguém que escolhe o autêntico, tornando-se de alguma forma genuíno por conseguir estar além das opiniões dos outros. Torna-se difícil, demasiado aliás, nos dias de hoje, seguir caminhos como este, porque, e mesmo que ao princípio seja fácil, há sempre aquelas infortunadas almas que nos invadem com as suas imensas trevas, deixando-nos muitas vezes, num enorme poço escuro, sem nos termos dado contas.

No fim, no fim a única coisa que nos resta, é uma fonte de esperança, saída algures dos nossos sonhos, e do inconsciente, porque sabemos que pelo menos tentámos, embora nos tenham deitado abaixo.



publicado por bourique às 10:16
link do post | Deixar um presentinho | favorito
|

Presentinho deixados:
De joao a 21 de Janeiro de 2011 às 19:31
Eu como eu digo, caramba fogo. ahahah
Q posso dizer, é bem verdade. Isto é sempre a bombar. xb
A minha terotia é: rencarnação, eu acredito nisso, eu nao acredito na morta, pq ninguém morrer, nao nos corações das pessoas q nos amaram em vida.
Mas é assim q funciona a minha teoria, cada um tem uma missão a fazer, vivem, épor isso q existem pessoas q dizem, "eu sinto q tenho de fzer alguma coisa, ou algo me diz para escolher este caminho" - chamem-lhe destino ou nao.
Mas se nao o fazem ou nao o acabam voltam looooool
Beijoo


De Sylvia a 22 de Janeiro de 2011 às 17:42
Para variar, um texto muitaaaa «fêo» :D
Adoro~te miúdaaa ♥

«embora nos tenham deitado abaixo.» - NUNCA, nunca deixarei que vás abaixo priga :) sempreeeee juntaaas ! :D


De bourique a 22 de Janeiro de 2011 às 17:48
Oh que querida, minha Silvia <3


De Aurelle a 22 de Janeiro de 2011 às 22:41
Gostei muito. Apesar de falar na alma e referires Deus (ateia, eu sou ateia...) gostei muito (:


De saralooow a 23 de Janeiro de 2011 às 00:37
oh, sabes que este texto merecia estar emoldurado, e ganhavas tudo e todos. continuo a achar que devias concorrer, está mais que lindo, oh.

beijinho, amo-te.


De Aurelle a 23 de Janeiro de 2011 às 12:35
Cada um tem a sua crença, e há que respeitar isso (:

Aww, muito obrigada *-* $:
Engraçada porquê? xD


De Meia Hora a 23 de Janeiro de 2011 às 16:28
adoro o facto do JARED <3 estar no cabeçalho !


De Meia Hora a 23 de Janeiro de 2011 às 16:46
obrigada, o teu também :)
foste ao concerto, dia 16?


De Meia Hora a 23 de Janeiro de 2011 às 17:56
OH MY FUCKING GOD!
A sério?????
Eu fiquei no balcão 1, mal se via o Jared, parecia um boneco do tamanho de uma formiga ou uma barata!
Mas ameei +.+


De Meia Hora a 23 de Janeiro de 2011 às 18:17
UAU! isso é que foi: marota, hahahaha *o*
mas a sério: 5 da manhã?
a essa hora estava eu a dormir!


De » Alexandra C. a 24 de Janeiro de 2011 às 20:40
Love it *-*
Escreves lindamente querida :D
Um beijinho (L)


Comentar post